Retratos da Leitura – Perfil do Leitor


LEITORES BRITÂNICOS

Por conta do Dia Internacional do Livro, 23 de abril, foi realizada este ano uma pesquisa no Reino Unido pela The Reading Agency sobre os hábitos de leitura dos britânicos. A pesquisa sugeriu que muitas pessoas gostariam de ler mais, mas não o fazem por falta de tempo; que algumas pessoas leriam mais se tivessem recomendações de pessoas próximas; e que muitas não dizem sempre a verdade sobre a quantidade e os tipos de livros que leram.


Dos 2.000 adultos entrevistados, 67% gostariam de ler mais, mas, destes, 48% admitem estar muito ocupados para ler. Também é uma dificuldade para um terço dos entrevistados (33%) encontrar um livro que realmente agrade, enquanto um quarto (26%) leria mais se tivesse mais indicações de pessoas próximas.


Boa parte dos entrevistados disse que lê livros em momentos de estresse, ansiedade, ou doença (59%) e também para lidar com as idas e vindas de amizades e relacionamentos amorosos (48%).


Quanto aos que alteram a verdade, duas em cada cinco pessoas (41%) fingem ter lido certas obras, ou aumentam a quantidade de livros que já leram para impressionar em entrevistas, encontros, ou reuniões familiares. A maioria destas pessoas são jovens entre 18 e 24 anos (64%), dos quais um quarto (25%) diz ter lido “O Senhor dos Anéis” de J. R. R. Tolkien, quando, na realidade, apenas assistiram o filme.


LEITORES BRASILEIROS

No Brasil, a última análise de comportamento de leitura foi aplicada em 2015 pelo Ibope Inteligência sob encomenda do Instituto Pró-Livro para o projeto Retratos da Leitura no Brasil, realizado a cada 4 anos. Foram entrevistadas 5.012 pessoas de 5 anos ou mais, alfabetizadas, ou não, e foram considerados leitores aqueles que leram algum livro nos três meses anteriores à entrevista.



Foi verificado que houve um aumento de 6% na quantidade de leitores entre 2011 e 2015, passando para 56% da população. Este índice demonstra que o brasileiro lê, em média, apenas 4,96 livros por ano, sendo que 2,53 dos livros não são terminados pelo leitor e que apenas 2,88 são livros lidos por vontade própria. Em relação aos leitores jovens, de 18 a 24 anos, houve um aumento considerável de 14% entre 2011 e 2015.


Entre as mulheres, 59% são leitoras, enquanto que, para os homens, este valor fica em 52%. Além disso, quem mais influencia o hábito entre os leitores é a mãe ou alguma figura materna (45%), seguida dos professores e professoras (30%) e pais ou figuras paternas (18%).

Figura 1. Perfil do leitor e não leitor por gênero e idade em 2011 e 2015.


Em relação às motivações, o gosto (25%) aparece em primeiro lugar, seguido por atualização (19%), distração (15%), religião (11%) e crescimento pessoal (10%). Dos que mais leem por gosto, os adolescentes entre 11 e 13 anos estão em primeiro lugar (42%) e as crianças de 5 a 10 anos em segundo (40%). O principal fator na escolha do livro é o tema/assunto, principalmente para adultos e aqueles com escolaridade mais alta. Para as crianças, por outro lado, o que mais influencia são a capa e as dicas de professores.


Os não-leitores disseram que os principais motivos para não terem lido nos últimos três meses foram falta de tempo (32%), não gostar (28%), não ter paciência (13%) e preferirem outras atividades (10%).


Para os brasileiros, a leitura encontra-se em décimo lugar na lista de atividades favoritas de lazer, sendo o livro mais lido e tido como mais marcante, para todos os níveis de escolaridade, a Bíblia.


O acesso a livros é feito principalmente pela compra (43%), pelo presenteamento (23%) e pelo empréstimo de familiares (21%) e bibliotecas (18%). Dos locais de compra, a preferência é por livrarias físicas (44%). E os locais onde mais se lê são em casa, sala de aula e biblioteca.

Figura 2. Lugares em que costuma ler livros.

E você, leitor, quais livros já leu esse ano? Qual é o seu livro favorito?

Participe nos comentários.

*Todos os gráficos foram retirados da pesquisa “Retratos da Leitura no Brasil 4” do Instituto Pró-Livro.

**Imagem da capa: abertura de “O Senhor dos Anéis - A Sociedade do Anel”

*** Quadro: “Mulheres Lendo” de Daniel F. Gerhartz

Para saber mais dados sobre essas pesquisas, acesse:

Matéria britânica original (em inglês): The Reading Agency

Matéria brasileira: Retratos da Leitura no Brasil 4

Pesquisa brasileira completa: Instituto Pró-Livro

#Pesquisa #Leitura #Livro #ReinoUnido #Brasil #Mundo

Posts Em Destaque
Posts Recentes
Tags
Nenhum tag.

Instituto Guimarães © 2017

  • LinkedIn Instituto Guimarães
  • Facebook Instituto Guimarães